Estilo louva-a-deus 7 estrelas

De acordo com a tradição, o fundador do kung fu estilo louva-a-deus 7 estrelas foi o mestre Wong Long, um monge barbado do templo Shaolin em Henan. Wong Long, nativo da província de Shandong, veio de uma família abastada e estudou artes marciais na sua juventude. Ele entrou no Templo Shaolin há 350-400 anos, no período entre as dinastias Ming (1368-1644) e Ching (1644-1911). Foi uma era de caos na China por conta das atrocidades dos manchus, um povo mongol da Manchúria que conquistou a China no século XVII, estabelecendo uma dinastia imperial que durou até 1912.

No Templo Shaolin, Wong Long treinou com seus irmãos de kung-fu. Apesar de ter aprendido técnicas de 17 estilos diferentes de Kung-fu, ele ainda não conseguia derrotar os outros monges. Enquanto esteve fora do templo, Wong Long havia se aperfeiçoado, mas seus irmãos continuaram treinando e também melhoraram muito as suas técnicas.

Um dia, enquanto caminhava, Wong Long presenciou uma luta entre um inseto louva-a-deus e uma cigarra. À primeira vista, parecia que o louva-a-deus tinha grande desvantagem em relação à cigarra, por ser muito menor; apesar disso, lutava com grande coragem. Wong Long ficou fascinado com a agressividade, rapidez e força do aparentemente derrotado louva-a-deus. Quando a cigarra atacou, o louva-a-deus desviou seu corpinho para o lado e, com a velocidade de um raio e muita força, apertou a cigarra com suas grandes pinças. Wong Long levou o louva-a-deus consigo para estudá-lo posteriormente. Ele cutucava o inseto para atiçá-lo e assim foi estudando cuidadosamente os seus movimentos, examinando como ele reagia a diferentes situações.

Wong Long começou a imitar essas ações e seu sistema evoluiu lentamente. Wong Long resumiu esses movimentos no que conhecemos hoje como as 30 palavras-chave: 7 longos, 8 curtos, 8 mãos firmes, 12 mãos flexíveis, 8 pontos vulneráveis e 8 pontos de ataque letais. Esses princípios desenvolveram o kung fu estilo louva-a-deus 7 estrelas, com seus movimentos caracteristicamente fortes e rápidos.

Quando Wong Long se deu por satisfeito, ele adicionou ao estilo as melhores técnicas dos outros 17 estilos de kung fu que aprendera no templo. Wong continuou com o seu treinamento e continuou a refinar as técnicas desse novo estilo. Depois de sair do Templo Shaolin, Wong voltou para Shandong e ajudou a abrir um templo em Laoshan.

O estilo louva-a-deus 7 estrelas ganhou esse nome devido à parte mais brilhante da constelação Ursa Maior, parte formada por sete estrelas. A primeira geração de sucessão foi a de Sing Sil, que praticou arduamente e conseguiu depois de anos de treino completar seus estudos.

Sing Sil se tornou amigo de um dos guardas da segurança, chamado Lee San Chine (segunda geração), depois de ajudá-lo a derrotar um grande número de bandidos. Assim que sua amizade cresceu e tomou forma, Sing Sil, vendo que Lee San Chine era um homem sincero e honesto, ensinou a ele todo o sistema do estilo louva-a-deus sete estrelas. Voltando ao seu trabalho, Lee San Chine se tornou famoso por seus movimentos super rápidos. Aos 60 anos, ele retornou para casa, em Shandong, onde conheceu Wong Wing Sang (terceira geração), que era campeão nacional de Kung Fu.

Dizem que Wong estava demonstrando as suas técnicas quando Lee San Chine fez alguns comentários despretensiosos sobre suas habilidades de kung fu. Wong ficou enfurecido e imediatamente desafiou o ancião. Porém, Wong não conseguiu derrubar as defesas de Lee. Percebendo que o kung fu daquele senhor era de um nível absolutamente superior, Wong implorou para ele aceitá-lo como discípulo. Wong veio de uma família abastada, então ele nunca precisou ensinar abertamente a sua técnica.

Anos mais tarde, Wong aceitou um discípulo chamado Fang Yuk Toung (quarta geração). Fang era um homem gigantesco, pesando quase 140kg. Sua habilidade com a “palma de ferro” tinha grande reputação. Dizem as lendas que ele usou essa técnica para abater dois touros de briga e em 1870 ele derrotou um russo muito alto e forte em uma competição na Sibéria. Esse feito fez dele um herói nacional, recebendo a alcunha de “o gigante com facão”. Fang Yuk Toung ensinou abertamente centenas de estudantes. Um deles foi Low Kwang Yu (quinta geração).

Fotos das aulas de kung fu estilo louva-a-deus 7 estrelas: